segunda-feira, 19 de janeiro de 2009

PalhetadA

Vocês sabiam que uma das bandas mais pesadas do Metal antes de alcançar o sucesso e o estrelato do mundo Rock and Roll...era uma banda GLAM???? Er...vocês sabem o que é o estilo Glam né? Ta explicação rapidex, é um estilo aviadado (Poison, Skid Row, Wasp, Twisted Sister e afins...) que algumas bandas adotavam para se dizerem machões e tcham-nã-rãm, quanto mais espalhafatoso melhor era, pra eles claro! Faziam um som todo alegre e serelepe e vou te confessar, arrastava mulher bagaraio....dá pra acreditar?

Pois é...assim foi o início do Pantera em 1981 (formação: Terry Glaze/Vocal - Dimebag Darrell/Guitarra - Vinnie Paul/Baterista - Rex Brown/Baixo) Lançaram três discos (Metal Magic, de 1983, Projects In The Jungle, de 1984 e I Am The Night, de 1985) antes de demitir o então vocalista Terry Glaze para a entrada de Phil Anselmo no quarto disco, "Power Metal", de 1988. Depois da entrada do Phil as coisas mudaram...começando pelo estilo da banda, visualmente e musicalmente falando...optaram por fazer o metal mais pesado e mais moderno, o chamado “Power Groove” termo que eles criaram para batizar a nova pegada da banda. Um fato curioso, trágico e engraçado tudo junto...o vocalista anterior foi demitido por que reza a lenda que o cara recusou assinar um contrato com a gravadora pertencente a Gene Simmons do KISS...eu matava!!
Pantera - Cowboys From Hell



Em 1989 a banda conseguiu assinar um contrato com a gravadora ATCO, e em 1990 lançam “Cowboys From Hell” puta CD obrigatório pra quem curte o Heavy Metal Clássico, riffs e solos complexos, rápidos e marcantes. Desse trabalho eu destaco "Cowboys From Hell", "Psycho Holiday" e "Domination" três puta paulada que é o bicho pra ouvir dentro do carro com o povo olhando pro lado achando você um completo Serial Killer. O albúm vendeu horrores, mas não se compara com o lançado em 1992 “Vulgar Display of Power” rapaz, esse é pra ficar com torcicolo por um mês e tendinite nos dedos!! É fantástico! O disco trouxe grandes sucessos que tornariam-se hinos da banda, como "Walk" e


"Mouth For War" e outras como a violenta "Fucking Hostile" e "This Love” que apesar de ser uma balada bonitinha tem um baita refrão pesadasso!! Depois das turnês, em 1994 lançam “Far Beyond Driven” esse eu ouvi tanto que um amigo (pagodeiro) da época já tava começando a prestar atenção e até arriscando cantar alguma coisa (Bons tempos Jorge...bons tempos)...só pra terem uma noção do disco...rs. As faisxas "Strenght Beyond Strenght","Becoming","Five Minutes Alone","Good Friends and a Bottle of Pills" são porradas daquelas que o vizinho se pergunta o que ele fez de errado para morar do seu lado.....rs... e a surpresa para os fãs foi uma cover do Black Sabbath, "Planet Caravan" na última faixa...animal!

O Albúm mais fraco na minha opinião foi o “The Great Southern Trendkill”, lançado em 1996. Nesse o Pantera num tava muito inspirado não e a pegada apesar de ser mais pesada e completamente violento a maioria dos fãs gostaram...sei lá se eu to ficando véio ou mais exigente...(não respondam!!). E infelizmente em 2000 sai o último trabalho em estúdio da banda, “Reinventing The Steel” só a música “Revolution is My Name” vale o disco todo, que não é ruim aos meus ouvidos como o penúltimo deles. Depois disso a banda se desfez e só saia “The Best of” a torto e a direito. O Pantera não acabou de uma forma amistosa entre Phil Anselmo e os irmãos Abott (Dimebag Darrell e Vinnie Paul...eu nem falei que eles eram irmãos né?) Anselmo tinha trocentas bandas paralelas e chegou num nível que segundo Darrell não dava mais pra suportar Phil com suas exigencias musicais e seu problema com drogas, overdose era como espirrar pro cara. Rolou um monte de merda depois disso que nem vale a pena....mas a parte mais triste ocorreu no dia 8 de Dezembro de 2004.

Quando um fanático do Pantera chamado Nathan Gale simplesmente assassinou Dimebag Darrell no meio do show da sua banda “Damageplan” (É...o céu/inferno ta montando uma Puta banda, Cliff Burton, Dimebag Darrell, John Boham...carai pagodeiro morre?) o animal puxou o gatilho e matou um dos guitarristas mais fodas e criativos do mundo...junto com ele ainda foram mortos uma empregada da casa de espetáculos, um cara da platéia e um segurança da casa antes de um policial fazer o que tem que ser feito com gente fanática....depois do caso o Pantera e aquela esperança de reunião da banda foi pro espaço e só nos restou o que está gravado! Então vamos aproveitar essa segunda azeda pra ouvir PANTERA!!!

Let´s Rock.....Duende Amarelo.

7 comentários:

pin disse...

uia... banda q eu sei q o duende adora, mas q nunca sequer ouvi uma musica... historia estranha, complica e triste a dessa banda ai hein??

e q raio de fã fanatico sao esses q matam os caras meo?? triste isso... povo doente...

gostei da materia... coisas ineditas pra mim... como sempreee me apresentando coisas novas....
boa duendeeeeeee!!
bjokassssss

rufus, o bode disse...

Caraaalho, quando ouço Cowboys From Hell tenho vontade de comprar um chapeu de cowboy preto com um pentagrama vermelho estampado, se tivesse grana até comprava. Pantera é foda demais.

E Living in a Hole do Vulgar Display of Power pra mim deve ser citada quando se fala de Pantera.

Zenon disse...

Eu queria que pegassem esse "fã"nático (rá, entendeu?) e soltassem ele num ringue contra o Phil Anselmo e o Zakk Wylde pra descontarem a raiva....os caras era mó trutas...

Duende Amarelo disse...

Er....Z o cara foi morto por um policial no dia em que matou o Dimmebag

Zenon disse...

Então....ao invés de matarem o infeliz, deviam fazer ele sofrer a fúria de dois mamutes enfurecidos.

Tio Gard disse...

Caraleo! Um post do Pantera!

Mouth For War rules!

Anônimo disse...

It's very sad that Philip and Dimibag are dead.
tramadol prices